quinta-feira, 15 de março de 2012

Saúde de Barueri é uma das melhores do Brasil

Publicado por

A cidade de Barueri possui uma das melhores estruturas de Saúde entre os mais de cinco mil municípios brasileiros, com nota 8,22. É o que aponta o novo Índice de Desempenho do SUS (IDSUS 2012), lançado pelo Ministério da Saúde no dia 1º de março.

Com notas de 0 a 10, o IDSUS foi idealizado para avaliar o acesso e a qualidade dos serviços de saúde no país. Criado pelo Ministério da Saúde, o índice avaliou entre 2008 e 2010 os diferentes níveis de atenção (básica, especializada ambulatorial e hospitalar e de urgência e emergência), verificando como está a infraestrutura de saúde para atender as pessoas e se os serviços ofertados têm capacidade de dar as melhores respostas aos problemas de saúde da população.

O IDSUS é formado por seis grupos homogêneos – basicamente, os grupos 1 e 2 são formados por municípios que apresentam melhor infraestrutura e condições de atendimento à população; os grupos 3 e 4 têm pouca estrutura de média e alta complexidade, enquanto que os grupos 5 e 6 não têm estrutura para atendimentos especializados. A proposta é unificar em grupos cidades com características similares.

Barueri é o melhor município do grupo 2, e é uma das únicas seis cidades brasileiras que ficaram com nota acima de 8. As outras cidades são Rosana (SP), Arco-Íris (SP), Pinhal (RS), Paulo Bento (RS) e Cássia dos Coqueiros (SP).

No Brasil, levando-se em consideração os seis grupos, Barueri (com 242 mil habitantes, segundo Censo do IBGE 2010) tem a segunda melhor nota – Arco Iris, cidade do interior paulista com 1.925 habitantes (IBGE 2010), teve nota 8,38.

Explicação

Um dos pontos mais importantes considerados pelo SUS é a saúde básica, aquela que previne e dá os primeiros atendimentos para que o paciente não precise chegar ao limite das chamadas “linhas de cuidado” da rede de saúde – uma cirurgia num hospital, por exemplo.

“E a Prefeitura de Barueri sempre soube muito bem disso, e fez muito bem a lição de casa, com investimentos de direcionamento correto. Se não se investir muito em atenção básica na saúde, a qualidade do atendimento perde muito, logo de cara”, explica o secretário de Saúde de Barueri, médico Maurício Tundisi. “Não há mistério: o índice da saúde de Barueri é resultado de uma gestão séria, de investimentos anuais acima dos 20% constitucionais, atenção na saúde básica com uma rede ambulatorial e especializada completa, serviços de urgência e emergência, rede de exames laboratoriais, duplicação no número de médicos em cinco anos e a construção do Hospital Municipal. Em Barueri, é uma rede de saúde com início, meio e fim, com tudo o que o munícipe precisa”, complementa Tundisi.

“Esse novo índice do governo federal coroa o que sempre colocamos em primeiro lugar em Barueri: o investimento na qualidade de vida da nossa gente. É o que digo sempre: não tem nada no mundo que vale mais do que a saúde das pessoas. Por isso não poupo investimentos nessa área porque sei que todo dinheiro gasto não vale uma vida recuperada”, comemora o prefeito Rubens Furlan.

Estrutura

Entre outros equipamentos, a estrutura da Saúde em Barueri conta com 16 unidades básicas de saúde (UBS); dois pronto-socorros regionais, um pronto-socorro adulto e outro infantil; serviço de especialidades médicas; farmácia municipal, com mais de 450 tipos de medicamentos gratuitos à população (tem até entrega em domicílio); laboratório de análises clínicas; e o Hospital Municipal Dr. Francisco Moran, com 304 leitos.

Deixe um Comentário